segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Love or Not Love? Capitulo 5

No meio da madrugada, por volta das 2:30 da matina, Demi se levanta, vai até seu quarto e se deita com você, depois ela levanta novamente e vai descer as escadas pra ir na cozinha.

Voce onn

 Senti que alguém deitou do meu lado e logo depois levantou. Logicamente era a Demi. Levantei e fui atrás dela pra ver o que a doida ia aprontar. Vi que ela desceu as escadas e foi pra cozinha. Quando desci e entrei na cozinha vi ela com uma faca na mão apontando pra seu pulso. Imediatamente tomei a faca da mão dela e percebi que ela estava dormindo, sei que é perigoso e que não pode, mas eu a acordei.

Voce: Demi, você é sonâmbula?
Demi: Ham? O que eu estou fazendo na cozinha? Sonâmbula? Eu?
Voce: Demi, você tava com uma faca na mão, você ia se cortar!
Demi: Eu não sabia que eu era sonâmbula
Voce: Você foi no meu quarto, se deitou, depois veio pra cá! Acho melhor você dormir comigo hoje!
Demi: Sério?
Voce: Sério! Se não é capaz de você cometer uma burrada à noite se dormir sozinha!
Demi: Ta bom! -ela sorriu, por que ela sorriu?-

Subimos, nos deitamos, ela foi beijar meu rosto pra me dar boa noite, mas acabou me dando um selinho. Por que faz isso comigo Demetria? Eu já não queria dormir com ela por causa do beijo. Eu gostei do beijo, foi bom! Mas como assim bom? Você não é lésbica , nem ela é! Meu Deus o que está acontecendo comigo?

Voce off
Demi onn

Na boa, eu não sabia que era sonâmbula, mas eu consegui o que eu queria, eu consegui dormi com ela de novo. Aquela garota mexe comigo, dei um selinho nela quando fui dar boa noite, eu não conseguia me controlar perto dela. Nunca senti isso por uma garota antes. Tenho que falar o que eu sinto por ela. Só preciso criar coragem pra dizer.

[....]

Já estava-mos ma frente da faculdade. Ouvimos o sinal.

Dallas/Selena: Vamos meninas? - (SeuNome) estava indo, segurei no braço dela-
Demi: Podem ir na frente, preciso falar com ela. -puxei-a para um canto-
Voce: Fala.
Demi: Quero te conhecer melhor!
Voce: Você já me conhece.
Demi: Não neste sentindo. Neste sentido! -coloquei minha mão na nuca dela e a puxei pra perto de mim, lhe dei um beijo calmo e lento, apenas a soltei por falta de ar, depois sai pra ir pra aula, já estava atrasada, ela ficou parada, apenas me olhando, parecia não acreditar no que tinha acontecido-
Voce: .................

2 comentários:

Me faça feliz!